Cólica menstrual muito forte é comum? Entenda

    Cólica menstrual muito forte é comum? Entenda

    01 sep. 2021

    Algumas mulheres sentem cólica menstrual muito forte todos os meses. Muitas ficam preocupadas com o sintoma e têm dúvidas se essa intensidade é normal ou decorrente de algum problema de saúde.

    Se isso também acontece com você, pode ficar tranquila, pois é comum sentir cólica forte. Os sintomas que vêm com a menstruação variam de mulher para mulher, por isso, as dores intensas podem ser uma característica do organismo.

    Mas não significa que você tenha que suportar as cólicas fortes. Existem algumas formas de minimizar o incômodo, para que ele não atrapalhe sua rotina e você possa passar pelo período menstrual com tranquilidade. Continue lendo para conferir!

    O que provoca a cólica menstrual muito forte?

    A cólica menstrual, ou dismenorreia, é um sintoma bastante comum que pode acometer mulheres de qualquer idade. Ela começa ainda na adolescência, quando a garota inicia o seu período fértil com a liberação dos óvulos.

    O útero se prepara todos os meses para uma possível gestação e, quando isso não acontece, a prostaglandina¹ entra em ação. Essa substância atua em nível celular estimulando os movimentos e a descamação da parede uterina para liberar o endométrio, tecido que se renova de forma constante.

    Embora seja a prostaglandina que provoca a dor, nem sempre ela é a única culpada pela cólica menstrual muito forte. Existem outros fatores que podem fazer com que esse sintoma seja intenso. A seguir, a gente apresenta alguns casos em que isso pode acontecer.

    Sensibilidade à prostaglandina

    O organismo de cada mulher reage de forma diferente à ação da prostaglandina. Algumas têm sensibilidade maior a essa substância, então, sentem uma cólica forte demais, até mesmo limitante. Porém, não existe nada de errado com sua saúde. É apenas uma característica individual.

    Anatomia do útero

    Quando o útero é muito pequeno, ou o seu orifício de entrada e saída é reduzido, as cólicas podem ser mais fortes. Isso acontece porque o sangue menstrual, junto com os fragmentos do endométrio, tem dificuldade para ser expelido. Essa condição costuma acometer adolescentes e mulheres que ainda não têm filhos.

    Características e hábitos de cada mulher

    Além da sensibilidade à prostaglandina e da anatomia do útero, outras características da mulher podem provocar uma cólica menstrual muito forte. É o caso da obesidade e do histórico familiar. Além disso, o tabagismo, o consumo de bebidas alcoólicas e os hábitos alimentares podem tornar o organismo da mulher mais propenso para as dores intensas.

    Condições ginecológicas

    Existem condições ginecológicas2 que fazem a cólica menstrual ser muito forte, como nas mulheres que têm endometriose, miomas uterinos, inflamações pélvicas e cistos ovarianos, por exemplo. Até mesmo condições orgânicas podem favorecer as cólicas intensas, como a constipação.

    Como lidar com a cólica forte?

    Como você pôde ver, sentir cólica menstrual muito forte pode ser normal porque diversos fatores influenciam o corpo da mulher e o modo como seu organismo reage. Até mesmo os dias mais frios podem fazer a dor aumentar, porque as temperaturas baixas causam a constrição dos vasos sanguíneos.

    Se você sente cólicas fortes, a primeira medida é passar por uma avaliação ginecológica. Assim você vai conhecer um pouco mais do seu corpo e descobrir se está realmente tudo bem e se as dores intensas são apenas uma característica do seu organismo.

    Para lidar com as cólicas intensas, o ideal é que você mantenha hábitos saudáveis de modo constante. Evite o tabagismo, adote uma alimentação balanceada e rica em alimentos naturais, pratique exercícios físicos e mantenha um peso corporal saudável.

    Quando a cólica já estiver se manifestando, você pode fazer algumas coisas para diminuir o incômodo. Os medicamentos específicos para cólicas menstruais são bem-vindos quando a intensidade da dor ultrapassa um limite razoável. Também vale fazer massagens na região do baixo ventre e aplicar compressas quentes.

    Embora a cólica menstrual muito forte não seja motivo de preocupação, é importante fazer os exames de rotina para acompanhar sua saúde e ter certeza de que está tudo bem com seu corpo. No mais, adote os cuidados rotineiros para prevenir os quadros de dor intensa e, quando eles acontecerem, utilize métodos seguros para obter conforto.

    A rotina de muitas mulheres é afetada pelas cólicas fortes. Compartilhe as informações do nosso blog nas redes sociais para que mais pessoas saibam lidar com esse sintoma!

     

    Referências:
    ¹ Hospital Sírio-Libanês

    ² Dor Pélvica - Manual MSD, Versão Saúde para a Família